Posted on Posted in Artigos, Destaques

Começo o texto falando algo fundamental dentro da nutrição: equilíbrio! O coco, muitas vezes foi considerado o “vilão” da dieta, principalmente por conta da composição de gordura que ele fornece. O ácido láurico é um tipo de gordura encontrado no leite materno humano, para fortalecimento do sistema imunológico do bebê, e é o ácido graxo de cadeia média em maior quantidade no coco.

Dentre os seus benefícios, destaca-se também o auxílio na diminuição da compulsão por carboidratos (açúcar, doces) devido à baixa liberação de insulina, por conta dos fitoquímicos presentes em sua composição. Outros triglicerídeos de cadeia média (TCM) encontrados no coco merecem destaque, por serem absorvidos rapidamente e servirem de substrato energético, principalmente para exercícios físicos.

O consumo de coco pode ser adequado de diversas maneiras e de forma equilibrada no planejamento alimentar. Podemos utilizar o leite de coco para receitas, comer a polpa fresca nos lanches da tarde, e até mesmo beber a água de coco para hidratar!

A água de coco fornece boas concentrações de sais minerais, e por isso é considerada um isotônico natural, promovendo o equilíbrio hidroeletrolítico após a atividade física intensa, onde há perda de minerais pelo suor. Por isso, é uma das melhores opções de reidratação!

Link do texto no blog 5 minutos com Roberta Cassani:

http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/blog/5-minutos-com-roberta-cassani/post/coco-e-suas-grandes-propriedades-nutricionais.html